sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Sexta-feira

Sempre gostei das sextas-feiras.

Esse sempre foi um dia que eu acordava feliz, ia trabalhar feliz, e chegava em casa no fim do dia tão feliz que muitas vezes, quando abria a porta do apartamento, gritava, com toda a força dos meus pulmões: "hoje é sexta"!

E a Raquel fechava os olhos e levantava as sobrancelhas, num misto de alegria e susto. E aí dançávamos juntas na sala.


Nenhum comentário:

Postar um comentário