segunda-feira, 30 de maio de 2016

S2

Terra devastada, desabitada, retorcida

Sem cor, aparentemente sem vida, sem emoção

Tem uma batida descompassada e ensandecida

Não há luz; apenas chuva e trovão

Se ali já houve festa, ela foi há muito dissolvida

Já que o pulsar parece picada de escorpião

Pode ser que o sol volte algum dia; eu tô na torcida!

Afinal, esse lugar sou eu no meu coração


Nenhum comentário:

Postar um comentário