quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Olá, fevereiro!

Depois de ontem, nunca mais (nun-ca ma-is!) viveremos outro janeiro de 2017.

Quem me conhece sabe que eu dou uma piradinha nessa questão de "nunca chegamos tão longe" ou "essa é a primeira vez que vivemos um dia assim", mas hoje quero falar de outra coisa.

(Antes, apenas uma observação: uau, fevereiro de 2017! Tem noção?!)

Hoje eu quero aproveitar o dia pra agradecer o ontem; ou melhor: janeiro.

Sou grata por ter mantido algumas resoluções de fim de ano, por exemplo, comer direitinho, não beber cerveja e não fumar cigarros.

Sou grata pela batalha que venho travando comigo mesma, no sentido de não brigar comigo. É difícil, mas estou conseguindo!

Sou grata pelas horas de descanso, mesmo que em muitos dias eu tenha quase me desesperado por ainda estar sem emprego.

Mas acredito que o principal agradecimento seja simplesmente o fato de poder agradecer! Mesmo que por um por do sol, ou uma chuva.

Um ano atrás eu me sentia tão cinza que tudo o que brotava de mim eram palavras cinzas.

Sou grata por estar florescendo novamente!

Essa sim, talvez, seja a "vida que segue"!

Gratidão!



Nenhum comentário:

Postar um comentário