sexta-feira, 3 de março de 2017

Batalhas.2

Depois de tantas trincheiras, aí está você.

Forte, experiente e com cicatrizes que servem de memória gravada na pele.

Uma constante lembrança dos caminhos trilhados até aqui.

Um alerta intermitente que serve de âncora, mas também de bússola.

Parece injusto, por assim ser, mudar a estratégia ao invés de te condecorar.

Mas não quero que se rebele; aceite, que dói menos.

Aceite sua nova missão e esqueça de todas as suas batalhas, todas as suas conquistas e também das derrotas e todos os seus pensamentos ligados a isso que causam ruído - muitas vezes sem que perceba ou se incomode.

Você precisa se limpar, se livrar.

Precisa estar leve pra conseguir o que está sendo proposto.

Foque no hoje, no agora, no momento presente.

O que foi, já foi; o que virá ainda não se apresentou.

Esteja livre, esteja leve, esteja aqui.

Ouça!


Nenhum comentário:

Postar um comentário