quinta-feira, 13 de abril de 2017

Post para Joana

Acabei de descobrir que a amiga de uma amiga da Raquel, que tava com câncer, morreu.

Já faz dias, mas descobri só hoje (porque tinha bloqueado ela das redes sociais assim que vi que ela tava doente - achei demais acompanhar a sua luta).

Essa moça foi a primeira a nos visitar quando nos mudamos pro Brás, junto com a então namorada dela.

Não tínhamos nada, ainda, só um tapete listrado que a Raquel tinha ganhado já nem me lembro mais de quem.

Naquela noite nos sentamos no chão, bebemos vinho e uma das taças virou no tapete.

Eu confesso que fiquei bastante chateada, mesmo sendo uma bobagem. Era só um tapete, afinal de contas.

A mancha ficou, o tapete mofou e as duas partiram.

E cá estamos.

Quantas vezes a gente gasta tempo com manchas, quando na verdade deveríamos nos ater ao vinho que sobra no copo?


Nenhum comentário:

Postar um comentário